14 de dezembro de 2010

Eu passarinho


Um passarinho me disse para não ficar mais triste, que o bom da vida era passarinhar. Inquieta, tratei logo de procurar o significado nos mais variados dicionários – formais e informais – da língua portuguesa. Passarinho me deixou confusa, seria ele exibido a ponto de querer ser observado todo dia, o dia todo? Afinal o ato de observar aves pode ser entendido por passarinhar... Ou seria ele de uma espécie dessas que vivem na pele – ou, nesse caso, nas penas – o ato de vadiar? Sim, porque acabei por descobrir que passarinhar pode ser também o lema de vida do desocupado, do vadio. 

Passarinho me fez pensar, poderia ele ter conselho tão leviano? Ou seria eu que não conseguia entender o “passarinhar”? Os dias se seguiam e eu seguia com tristeza no olhar. Passarinho ressurgiu risonho com um tanto de deboche a me observar. Disse ele que o mal do homem é querer a tudo conceituar. Quis me tirar toda a agonia e explicar que de noite e dia já me punha a passarinhar:

– Menina olha para a sua volta; olha para o seu pranto; olha para o tanto de pranto mais doído que passou ao lado seu; olha para a palavra mais certa que já disse; olha para o aperto mais abraçado que já deu; olha os escritos e cantos mais bonitos que o piar que escreveu. É como eu faço todos os dias, pego umas sementes aqui, deixo caí-las acolá. O que foi flor para um jardim, pode ser flor em outro lugar. O acalmou um coração, pode outros tantos acalmar. O que viveu o seu vizinho, pode um amigo distante ajudar. Bom mesmo, menina, é apanhar essas sementes, semear por toda parte, deixar brotar. Mas não se esquecer nunca que semente também serve de alimento no tormento do passarinho que tanto se põe a passarinhar.

8 comentários:

  1. É um presente de niver? Q coisa mais linda! Vamos passarinhar?

    Amei a foto, me sinto assim, livre, solta e feliz, mas olha lá, feliz pq tem os passarinhos ao lado. Uma família!
    bjus e amo!

    ResponderExcluir
  2. O segundo parágrafo é uma poesia em forma de prosa. ;)

    Eu adoro a palavra "pássaro". Acho que alguns já sabem que até gostaria de nomear um filho assim: Pássaro. Ou então, algo como João Pássaro.

    Passarinho, então, nessa brincadeira que Mário Quintana criou, como não gostar ?

    "Eles passarão; eu passarinho..."

    Ornitólogos ou não, todos nós passaremos por uma vida bela - se ao nosso lado tivermos pessoas como você.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo !!
    Espalhando semente por ai ...

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Minha passarinha amada que espalha sementes todos os dias no meu jardim!

    Te amo demais e amo essa Mattosquelice prosada!

    ResponderExcluir
  5. Amei, amei, amei... e sempre estarei aplaudindo o seu passarinhar... tanto aqui qnto acolá... Amoooo-te!!!!

    ResponderExcluir
  6. Lindo, lindo e lindo...amei!!!
    Maravilhosamente sensível.
    Bju grande e cheio de saudade

    ResponderExcluir