11 de junho de 2010

Cuide-se


Tempo falta, pressa sobra. Corre-se daqui, corre-se de lá. Desapercebe-se o que se quer, o que o outro quer, e corre-se ainda mais pra tentar resolver. O primordial é fazer, ainda que seja cedo, antes que seja tarde.

Cuida-se das tarefas; da cafeteira ligada de manhã; das roupas no varal. Cuida-se de ser simpático com o porteiro; de ser pontual no trabalho; de aceitar que o mar é um quadro intocável na janela do ônibus.

Cuida-se de passar o dia entre paredes, em um clima artificial; e de ter comportamentos regrados e atitudes programadas. Cuida-se das burocracias; de se aperfeiçoar; de estar a par dos assuntos do momento; de ser o melhor em algo, sem sequer saber porque.

Cuida-se de não dizer tudo o que pensa; e das atitudes que podem atingir o que está na outra ponta do dominó, ainda que não se saiba. Cuida-se de parecer normal; parecer feliz; parecer bonito. Cuida-se da dor do outro, ainda que oculte as próprias dores.

Cuida-se de não esquecer a essência; a origem; a bondade; a palavra; o próximo; a generosidade; a gentileza; e o norte, mesmo que isso pareça - ou seja -, um comportamento condicionado. Cuida-se até de esconder certas virtudes; certos desejos, pois demonstrá-los poderia ser um perigo. Cuida-se de fazer o certo, sem saber quem criou o certo. Cuida-se dos amigos; da família; da casa.

Cuida-se de correr mais, pois logo o dia acaba e se percebe: quem cuida de tudo isso não cuida de si. E o castigo deve ser não encontrar quem o faça, ou quem o ajude a fazer. Cuide-se.

2 comentários:

  1. Lindo, como todos os seus sentimentos, os seus posts. Belo e sensível como você. Mas confuso tb, um disse não disse; um sei não sei.
    Você afirma tudo mas no final afirma q não cuidamos de nós mesmos, não nos revelemos em absoluto.
    Entendi tudo, talvez não teria entendido se não refletisse.
    Essa é a profundidade mattosquelence!
    Amo!

    ResponderExcluir
  2. Podia ser um daqueles textos que recebemos por email e repassamos para amigos que estão em algum momento ruim, precisando de um apoio.
    Gostei muito!

    ResponderExcluir